quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Educação para EDUCADORES

A educação não pode ser vista apenas como transmissão de conhecimentos prontos. Tem que ser mais que isso!!! Devia ser algo como um estilo de vida, pois através da educação e cultura (inclusos cinema, música, literatura, teatro e etc) se formam valores e conceitos que devem fazer parte das nossas vidas e das vidas de nossos alunos. É considerar a educação um processo natural e conceber que somos fruto de toda a cultura e conhecimentos acumulados ao longo de séculos. Percebemos então que desde o início da idade escolar somos críticos e observadores com a gente mesmo e com o meio em que nos encontramos (família, escola e etc). A educação tem que ser vista como um processo global e abrangente ao invés disto que aí está. Educação regulamentar na escola 4 horas por dia, nunca resolveu e nunca vai resolver nada.
Ô revolta ou E vivam as teorias pseudo-filósofoeducacionais!!!!!
.
.

4 comentários:

Caio Carvalho disse...

Muito belo o texto, mas conhecendo a autora eu diria que isso é uma revolta pós-faculdade e pré-carnavaliana!

ihiihihihih

bj bj bj

Más Influências disse...

Os professores deveriam oferecer bombons todos os dias na sala de aula para os seus alunos... é como ir ao médico, nehuma criança quer ir... mas se deixa vencer pela oferta...

Sou a Favor do "BOmbons nas Escolas"

E professoras gostosas de sainha
escrevendo no quadro... \o/

Jacky Alves disse...

JP
as idéias são legais, mas infelizmente as professoras naum ganham o suficiente pra comprar bombons pros seus alunos diariamente, e nem as crianças são cães q se pode comprar com um ossinhu. qto á segunda idéia, prefiro nem comentar.
vc é um prego, mas te gosto mesmo assim^^. obrigada pela visita, volte sempre. bjusssssssss

Más Influências disse...

huahuahua, sei não... crianças, adultos e velhos... cada um tem
um preço!! ^^

e a segunda opção, pensa pelo lado positivo, a professora não vai gastar nada adicional e ainda vai ganhar altos elogios, ahuahua